MERCADOS ARTESANAIS - Blog
Produtos
Marca

Tempo de leitura: 8 minutos. Dando sequência na nossa série de postagens para utilizar o marketing a favor da venda do seu artesanato , vamos aprofundar um pouco mais no tema para que você consiga valorizar ainda mais o seu artesanato de forma online. Sobretudo, entender técnicas de marketing digital se fazem necessárias caso você queira dar um "plus" nas suas vendas utilizando a metodologia que mais te chamar a atenção. Por fim, se você deseja aprofundar um pouco mais no "mundo do marketing" e aplicar seus conceitos para atrair mais clientes, este é o artigo certo para você. Boa leitura! Dica 1 - Entenda o que é o "Marketing de atração" O Marketing Inbound, ou marketing de atração, é uma das metodologias mais eficientes no que diz respeito a conquistar clientes.  Isso porque, quando bem aplicado, o cliente é quem procura a empresa e não o contrário, como usualmente vemos no dia a dia.  Seu conteúdo deve "educar" a audiência e clientes em potencial sobre o segmento do seu afazer. Ou seja: se você é um artesão, a dica neste cenário, é transformar o seu trabalho em referência quando alguém buscar por informações do seu dia a dia de trabalho. Dica 2 - Agora que meu cliente foi atraído, o que devo fazer? Agora que você entende um pouco sobre como aplicar o marketing de atração, este é o momento de você organizar o seu conteúdo e definir o seu próprio passo a passo nesta empreitada. Segue-se a mesma lógica do passo anterior, ou seja, buscar ideias de como planejar adequadamente é essencial para uma boa estratégia de marketing para artesanato. Organizar um perfil de empresa no Facebook e Google, utilizar ferramentas disponíveis na web: como redação SEO ou outras estratégias de Marketing Digital para empreendedores, personalizar seu blog ou site, todas essas dicas sem dúvida lhe trarão muitos resultados rapidamente. Dica 3 - Defina a rede social predominante para a venda do seu produto artesanato Pode ser que você já tenha ouvido falar que o Facebook está em decadência. Não podemos negar isso, e nem que o Instagram tem ocupado um espaço significativo no mercado de redes sociais.  Mas na prática, as duas redes ainda são muito importantes. São válidas, inclusive, para o segmento de artesanato. O Facebook é uma rede que tem usuários ativos de idade adulta à terceira idade - o que pode ser um público em potencial para artesanato. Construindo uma boa página, você pode exibir seus produtos e impulsionar para alcançar as pessoas certas. No Facebook, o investimento em mídia, geralmente, é mais baixo do que outros canais como Google e Instagram. No entanto, tudo depende do direcionamento do seu artesanato. Por isso, entenda como tirar o melhor das redes entendendo a persona que está envolvida no seu negócio. Não sabe o que é persona? Acompanhe a dica a seguir. Dica 4 - Defina sua persona   Persona, ou buyer persona, é o cliente ideal para o seu negócio. Isso porque o marketing de conteúdo não é feito para atingir qualquer um e essa estratégia visa atingir a pessoa certa, focando nas dores, necessidades e desafios do consumidor. Por esse motivo, criar um personagem que seja a representação do cliente que você quer atingir fará com que sua campanha de marketing de conteúdo tenha altos índices de retorno. Para isso, é preciso considerar o uso de informações reais na construção da persona, como dados de comportamentos, motivações e até desejos. Dica 5 - Publicando o seu conteúdo  Com boas fotos e trabalhando com os canais certos, é hora de pensar em publicações que o seu público pode gostar. Um erro que muitas empresas e empreendedores cometem é usar os perfis apenas para publicar sobre seus produtos. Isso é desinteressante e não tem potencial para atrair novos clientes. Este é um dos pontos-chave para ter sucesso com marketing digital para artesanato. A forma mais autêntica de conquistar resultados na internet é entregando conteúdo de qualidade para seu público-alvo. Por exemplo: seu artesanato tem algum significado espiritual que o público não sabe? Essa já seria uma ótima pauta para conhecerem melhor a sua marca.   A Mercados Artesanais é a melhor plataforma para você vender e divulgar o seu produto online Agora que você entende ainda mais sobre a importância do Marketing na divulgação do seu produto artesanal, a dica final é que você dedique um tempo maior para estudar e se aprofundar mais sobre o tema. Isso porque, se bem aplicado, ele pode ser uma excelente ferramenta para você se tornar uma referência no seu nicho. Por isso, se você é, assim como nós, apaixonado por produtos artesanais, não pode deixar de conferir as opções que temos disponíveis no nosso site. São várias alternativas de artesanatos, feitos com todo o cuidado, carinho e delicadeza que você precisa. A Mercados Artesanais   foi desenvolvida especialmente para você, artesão, que quer divulgar seus produtos em uma plataforma segura e que garanta excelentes retornos financeiros. Fique atento também às nossas postagens no Instagram . Texto: Guilherme Côrtes
Tempo de leitura: 7 minutos.  No último artigo do Blog apresentamos para o artesão 05 dicas de marketing para vender mais o seu artesanato . No entanto, agora vamos abordar o tema da importância e relevância do Marketing para as vendas em um contexto geral. Sobretudo, o marketing de conteúdo deve estar presente na vida do artesão, isso porque ele serve para aumentar as possibilidades da venda do seu produto e, ao mesmo tempo, para direcionar o seu trabalho. Por isso, o marketing para artesanato perpassa pela concepção, criação, execução e planejamento de venda das suas peças. Se interessou sobre o tema? Então acompanhe nosso artigo e veja como o marketing é essencial na vida de um artesão. Boa leitura! O que é o marketing de conteúdo? O marketing de conteúdo consiste em atrair pessoas, relacionar-se com elas e por fim vender os seus produtos. Para fazer essa atração, como dito anteriormente, usa-se um conteúdo, relevante e valioso, que seja do interesse do seu público. Muitas vezes a dúvida neste processo diz respeito ao conteúdo e como retratá-lo. Pensando nisso, nós, da Mercados Artesanais, separamos algumas dicas para você. Acompanhe. Defina seu público-alvo e sua persona O primeiro passo para fazer um marketing de conteúdo da maneira correta é descobrir para quem você está escrevendo . Para isso é preciso definir o seu público-alvo e, principalmente, a sua persona. Público-alvo é um grupo de pessoas que são consideradas os seus clientes principais. Ele pode ser definido por diversos critérios. Estes critérios perpassam por faixa etária, região, classe social, comportamento, poder de compra, entre outras características. Para definir o seu público-alvo, é preciso estudar os seus clientes e captar essas informações, para assim descobrir as características mais comuns de quem compra com você. Por exemplo: o seu público alvo pode ser mulheres, entre os 30 e 50 anos, casadas, que querem comprar artesanato para uso decorativo e revenda. Já a persona é a representação da pessoa dentro do seu público-alvo que pode ser considerada o seu cliente ideal . Por exemplo: a sua persona pode ser a Maria, que tem 45 anos, casada, dona de casa, gosta de artesanato na decoração da sua casa. Crie um conteúdo exclusivo e interessante Com o público-alvo e persona definida, é hora de começar a criar o seu conteúdo online. Crie materiais relacionados ao seu artesanato, mas em uma linguagem voltada ao seu público-alvo e persona. Fale sobre o seu processo de criação, técnicas, passo a passo, feiras e eventos. Fique atento também para não falar só sobre vendas, isso porque seus assuntos precisam dizer também sobre seu dia a dia, sobre seus produtos, promoções, entre outros assuntos. Para conquistar mais pessoas, utilize dados e exemplos práticos no seu conteúdo. Desse jeito fica muito mais fácil fazer com que o leitor mantenha a linha do pensamento e entenda o assunto que está sendo tratado no conteúdo. SEO - a importância do rankeamento no Google SEO é o conjunto de estratégias de otimização de sites, blogs e páginas da web que visa melhorar o seu posicionamento nos resultados orgânicos dos buscadores. É a sigla para Search Engine Optimization, que significa otimização para mecanismos de busca. No SEO, utilize palavras-chave Algumas palavras já são normalmente mais usadas do que outras. Essas são consideradas palavras-chave. Utilizar essas palavras fará com que as pessoas encontrem seu conteúdo de forma mais fácil. O Google, por exemplo, ranqueia os sites nas buscas de acordo com essas palavras. Essa é uma das estratégias utilizadas no SEO, técnica de marketing digital que possibilita melhores posições em sites de buscas, como Google, Bing e Yahoo. A importância de um Blog O Blog é um dos principais canais que passam pela otimização SEO que tratamos acima. Dessa forma, se você deseja que o seu produto artesanal esteja entre as primeiras páginas de pesquisa no Google, a dica que fica é contratar um profissional da área para lidar com o algoritmo do Google. esse é o lugar ideal para publicação de conteúdo. Diferente das redes sociais, no blog você pode criar textos maiores, estendendo os assuntos tratados. E-commerce: você pode criar conteúdo para os produtos na sua loja virtual. Distribua o seu conteúdo nos canais disponíveis Publique conteúdo em diversas mídias online. Assim, as chances do seu público te encontrar serão maiores. Mas fique esperta, esse conteúdo precisa ser publicado nos momentos certos. Você pode publicar os seus conteúdos em diversas locais, como: Redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter, Pinterest. Essas só são algumas das diversas redes sociais disponíveis para empresas. Utilize as que são mais interessantes para o seu negócio.  E-mail Marketing Se você tem uma base de e-mails de clientes cadastrado, também pode disparar conteúdos exclusivos por esse canal. O marketing de conteúdo funciona porque seus futuros clientes terão em você não uma vendedora, mas sim um(a) amigo(a). Alguém que produz conteúdos que ajudam, alguém que conhece suas necessidades e desejos, alguém que não é apenas uma artesã querendo vender. Artesãos que trabalham com marketing de conteúdo possuem mais clientes e clientes mais fiéis. Resumindo, o marketing de conteúdo te auxilia a: conhecer melhor o seu público, entregar conteúdo relevante, saber onde você deve publicar o seu conteúdo, criar a estratégia ideal para que mais pessoas visitem o seu site, gerar interesse pelo o que você escreve e, por fim, aumentar a intenção de compras. A Mercados Artesanais é a melhor plataforma para você vender e divulgar o seu produto online Se você é, assim como nós, apaixonado por produtos artesanais, não pode deixar de conferir as opções que temos disponíveis no nosso site. São várias alternativas de artesanatos, feitos com todo o cuidado, carinho e delicadeza que você precisa. A Mercados Artesanais foi desenvolvida especialmente para você, artesão, que quer divulgar seus produtos em uma plataforma segura e que garanta excelentes retornos financeiros. Fique atento também às nossas postagens no Instagram. Texto: Guilherme Côrtes
05 dicas de marketing para vender mais os seus produtos artesanais Tempo de leitura: 10 minutos. Se existe algo que a pandemia trouxe de positivo para o dia a dia do empreendedor foi o alinhamento à nova era digital. Calma, vamos explicar: isso porque o cenário atual ?forçou? microempreendedores em todo o Brasil a pensar em novas formas de se aproximar da clientela. Obviamente, uma dessas maneiras foi disponibilizar o seu produto online em plataformas como a Mercados Artesanais e também divulgar o artesanato pela própria plataforma digital: seja ela Instagram, Facebook ou Twitter. Se você adotou todas as alternativas acima, muito bem! Você andou meio caminho em direção ao sucesso. No entanto, é preciso também desenvolver estratégias de Marketing para divulgar o seu produto.  Você já se preocupou em desenvolver alguma ação neste sentido? Se sim ou se não, temos certeza que essas dicas vão deixar o seu produto ainda mais atraente.  Boa leitura! Tenha sempre um plano de ação para ocasiões especiais e surpresas Fique atento a datas comemorativas para fazer promoções e combos dos seus produtos. Muitas vezes, essas ocasiões especiais, como o natal, por exemplo, podem ser um divisor de águas na vida de um artesão. Isso porque essas datas comemorativas são a ocasião perfeita para você divulgar o seu produto , uma vez que existe muita demanda e gente atrasada na hora de comprar o presente. Esses olhos atrasados podem e devem ser surpreendidos não somente pela beleza do seu artesanato, mas também pela oportunidade de uma boa compra para aquele consumidor na ocasião, o que pode fidelizá-lo. Este plano de ação também perpassa pela ciência de quanto você está gastando com a sua produção. Cuidado para não se enrolar e acabar "pagando para trabalhar". Defina onde seu artesanato será vendido Se você optou por vender o seu artesanato pela internet, lembre-se de escolher a melhor parceria para que o seu negócio decole de vez. Essa é uma ação que pode ser decisiva para o sucesso do seu empreendimento, porque dá uma visibilidade ao seu produto que não seria possível alcançar somente através de redes sociais. Mas não se confunda: vender artesanatos por um perfil de internet, preferencialmente comercial, para que somente o seu produto seja exposto, é uma boa alternativa para você, empreendedor. Por isso, pode ser uma boa ideia contratar uma equipe de marketing para fazer esse trabalho com precisão para você. No entanto, se essa contratação ainda não for viável para você, lembre-se de ler e investir boas horas em estudos de aproximação ao cliente. Isso é essencial para que você seja visto e falado. Faça bom uso de imagem e também descreva seu artesanato de forma fiel Aqui mesmo no blog, já falamos sobre a importância da imagem na hora da venda de um produto artesanal. Então, não se trata apenas de fotografar, é necessário ter boas fotos que dispensam aquela descrição bem detalhada - é como diz aquele ditado: " uma imagem vale mais do que mil palavras" . A foto precisa, então, mostrar todos os detalhes da sua peça. Outro dado importante é descrever detalhadamente o seu produto e não "inventar moda". Capriche na descrição, mas nem para mais, nem para menos. Lembre-se que uma descrição que não tenha tanta precisão em relação ao seu produto pode deixar de gerar uma venda caso ela não esteja bem desenvolvida, bem como pode não gerar mais vendas caso esteja exagerada. Quanto mais possibilidades de pagamento você oferecer, maiores a suas chances de vender Repita isso como um mantra: porque funciona. Lembra das ações de Marketing que falamos no início do texto? Pois bem: muitas vezes essas ações podem ser comprometidas pelo orçamento que o cliente possui para comprar o seu produto. Muitas vezes, vamos citar novamente o natal, a época diz respeito a comprar presente para mais de uma pessoa. Com isso, facilitar a vida do cliente : seja aceitando parcelamento, pagamento via transferência ou cartão de crédito, é um diferencial que ele vai considerar na hora de decidir pelo seu produto artesanal. Outro diferencial pode ser a personalização das suas embalagens na hora de fazer a entrega dos produtos. Esse caminho otimiza a jornada do cliente e também é outro fator diferencial para ele optar por você e não pela concorrência. Basta você imaginar a expectativa em receber um produto na sua casa. Muitas vezes eles chegam naquelas caixas sem graça, não é? Gerar expectativa em abrir um presente pela embalagem, além de divulgar a sua marca para que todos vejam, é algo que qualquer cliente leva em consideração. Faça pesquisa de mercado e avalie como o seu concorrente está fazendo a divulgação Para saber o melhor caminho que você deve seguir no setor, acompanhe quem está lá já há algum tempo. Fique de olho em sites e perfis nas redes sociais de outros artesãos, veja o que eles fizeram nos últimos tempos e como divulgam o próprio trabalho. A partir disso, você pode ter ideias de como anunciar, vender e se relacionar com os clientes. No universo do marketing, essa tática chama benchmarking e é super útil para ficar por dentro das tendências de mercado. A Mercados Artesanais é a melhor plataforma para você vender e divulgar o seu produto online Se você é, assim como nós, apaixonado por produtos artesanais, não pode deixar de conferir as opções que temos disponíveis no nosso site. São várias alternativas de artesanatos, feitos com todo o cuidado, carinho e delicadeza que você precisa. A Mercados Artesanais   foi desenvolvida especialmente para você, artesão, que quer divulgar seus produtos em uma plataforma segura e que garanta excelentes retornos financeiros. Fique atento também às nossas postagens no Instagram . Texto: Guilherme Côrtes
Tempo de leitura: 9 minutos. Ok, você decidiu por um novo passo: oferecer combos dos seus produtos artesanais aos seus clientes visando maior lucro e atratividade. No entanto, você sabe como fazer isso? É importante se atentar que os combos dos seus produtos possivelmente se tornarão os artesanatos mais importantes do seu negócio, tratando-se de demanda - e por isso vão merecer muita atenção da parte do artesão. Então, vamos pôr tudo isso em prática? Vem com a gente e boa leitura! A importância dos combos nas vendas Se você tem um parceiro como a Mercados Artesanais ao seu lado, recomendamos que os combos artesanais e seus outros produtos que tenham mais saída de venda fiquem logo nas primeiras páginas. Uma forma inteligente de se pensar em ideias de produtos artesanais é colocar um produto destaque que venda bastante junto com um outro produto que não venda tanto assim. Dessa forma, você apresenta novos produtos aos clientes e gera maior rotatividade do seu estoque. Seguindo essa lógica, veja como essa dica se materializa em seus produtos e compare com outras estratégias de venda de combos promocionais. Feito isso, analise as ofertas valerão mais a pena e invista naquela que mais interessar sua clientela. Faça com que seu combo seja realmente atrativo. Quem busca por ideias de combo para produtos artesanais (e convenhamos, em qualquer área de mercado) deve sempre lembrar que o combo deve oferecer alguma vantagem para o cliente e, de modo geral, essa vantagem é o desconto. Não faz sentido, por exemplo, você oferecer um combo em que o valor dos produtos somados é o mesmo valor caso cada produto fosse vendido separadamente. Só juntar produtos não é o suficiente para montar um combo. O cliente precisa perceber alguma vantagem em adquirir o combo ao invés do item isolado onde ele realizará a compra.  Veja algumas opções de ideias de combos promocionais para se inspirar e adotar no seu negócio! Ideias de combos Ideias tradicionais sempre são bem-vindas, por exemplo: compre um colar e ganhe outro de outra cor. Ou então você também pode testar o colar com um bracelete que combine com o colar. Ideias novas de combos são sempre bem vindas para você testar no seu empreendimento. Confira agora algumas ideias para você implementar no seu negócio. Escolha o caminho mais tradicional na hora de montar o seu combo Quando se pensa em combo, essa é uma das dúvidas que mais vem à cabeça, não é? ?O que devo oferecer?? Vamos dar um exemplo: oferte um colar com uma cor predominante, por exemplo, e coloque outro de outra cor, o que dará a oportunidade para o cliente ter duas opções para diferentes combinações de roupa. Dê nomes criativos para seus combos chamarem ainda mais atenção.   Depois de pensar em boas combinações para integrar o seu produto artesanal, é hora de chamar a atenção dos seus clientes para essas novas ofertas. E, para isso, nada melhor que capturar o olhar do cliente já no nome da combinação. Febre na internet, você já deve ter visto fotos de produtor artesanais sendo oferecidos com nomes diferenciados: fazendo referência a datas, por exemplo: ?colar de dia das mães?. Essa manobra deve ser utilizada de forma engraçada, inusitada e criativa, e nós sabemos que o artesão tem todas essas qualidades. Então, ligue o mortor da sua criatividade e não perca tempo. Dê preferência a nomes que ressaltem as qualidades dos seus produtos   Que tal exaltar o diferencial que existe no seu produto? Essa é uma tática que funciona bastante para produtos inovadores no mercado. Usando essa metodologia, você se diferencia dos seus concorrentes e ainda puxa o olhar da clientela. Tudo que é inusitado, e dizemos isso porque o artesão tem, por quase que obrigação, ter uma noção de marketing, chama mais atenção e esse fator pode ser decisivo na hora da escolha pelo seu produto. Aproveite datas específicas e comemorativas para lançar seus combos Promoções temáticas como a Black Friday , já estão na memória e na expectativa dos consumidores, então, se você quiser, aproveitar para dar algum desconto nesses períodos pode te render boas vendas e ainda divulgar combos antigos (além de criar novos combos, é claro).   Isso pode ser feito de diversas formas para te fazer vender mais sem correr o risco de levar prejuízo. Algumas ideias são:    1) colocar peças que você tem prontas e paradas em estoque já há algum tempo com algum desconto para estimular a saída delas;    2) fazer kits com produtos que você já tenha com algum desconto pra aumentar o volume da venda;    3) oferecer descontos progressivos para incentivar seus clientes a comprar mais e já garantir alguns presentes para o Natal, por exemplo.   Mas lembre-se: você não é obrigado(a) a entrar na onda das promoções, muito menos a dar descontos. Se quiser participar, faça isso estrategicamente pro seu negócio e não só porque todo mundo está fazendo. Reflita o que faz sentido para seu orçamento: talvez oferecer descontos para peças sob encomenda não seja tão interessante quanto estimular a saída de peças que você já tenha prontas.    Quando for lançar combos, já tenha as peças para pronta entrega. Você sabe que em determinados períodos do ano as pessoas acabam deixando para comprar presentes de última hora. Então, na hora de lançar um combo, principalmente se você estiver perto de alguma ocasião como dia dos pais, dia das mães ou natal, tenha tudo pronto para não se complicar.   Você não vai querer perder vendas por não ter seu artesanato em estoque/pronta entrega, não é? A dica que fica é: foque na confecção da pronta entrega nas peças que você mais vende normalmente e que deve utilizá-las para montar seus combos.    A Mercados Artesanais é a melhor plataforma para você vender e divulgar o seu produto online.   Se você é, assim como nós, apaixonado por produtos artesanais, não pode deixar de conferir as opções que temos disponíveis no nosso site. São várias alternativas de artesanatos , feitos com todo o cuidado, carinho e delicadeza que você precisa.   A Mercados Artesanais foi desenvolvida especialmente para você, artesão, que quer divulgar seus produtos em uma plataforma segura e que garanta excelentes retornos financeiros.   Fique atento também às nossas postagens no Instagram .   Texto: Guilherme Côrtes
    Tempo de leitura. 12 minutos  Olá, artesãos!  Hoje vamos falar sobre como calcular o valor do seu artesanato no mercado e como fazer a matemática desse valor. A primeira coisa que se deve saber é que, quando se fala em artesanato como fonte de renda, devemos levar em conta alguns fatores importantes. Vamos começar pelo básico: O preço do seu artesanato, por exemplo, deve cobrir o custo que você teve com a produção e também render lucros, além de, é claro, ter um preço acessível ao cliente. Assim é possível obter um retorno financeiro favorável para ambas as partes - artesão e cliente. Fatores a serem considerados na hora de calcular o preço do seu artesanato no mercado É importante ter uma auto crítica. Pense da seguinte forma: "não basta que eu faça o cálculo do meu produto baseando-me apenas com o gasto que tenho ao fazê-lo. Preciso também valorizar o meu trabalho!". Esta é uma boa reflexão.  Tendo isso em mente, e também a perspectiva de que você quer se tornar um artesão de sucesso, listamos alguns passos para valorizar o seu produto artesanal sem esquecer o que foi citado acima: valorização e preço acessível. Busque, além disso, cativar seu cliente e buscar seu próprio diferencial. Vamos lá? 1 - Saiba como iniciar e se posicionar no mercado  Sabemos que uma das escolhas profissionais que mais têm crescido nos últimos tempos é o do artesão . Isso se dá por consequência das crescentes formas - se tratando de plataformas digitais - para vender e divulgar seu artesanato. Podemos citar aqui, por exemplo, o Instagram e sites que se disponibilizam a divulgar o seu produto (como é o caso da Mercados Artesanais ). Então o primeiro passo, se você está começando agora, é pesquisar com muito afinco o mercado e descobrir quais são seus concorrentes: quanto eles cobram, quais os materiais utilizados e seus valores. Com isso feito, você pode aprimorar o seu trabalho buscando entregar seus produtos diferenciados, que cativam o cliente - o que, por consequência, valoriza mais seu artesanato. 2. Como calcular uma margem de lucro justa para o seu produto artesanato? A margem de lucro do artesanato, por peça, depende de inúmeros fatores: clientes, criatividade, diferencial do produto, etc. A margem de lucro, para ser considerada justa na venda de uma peça, não é fixa e pode variar de 30% a 50%. É importante ter isso em mente para você dar sequência ao seu negócio e investir em equipamentos que também irão ajudar a valorizar os seus produtos. Dadas as informações, vamos aos cálculos. Nossa dica é utilizar cinco pontos essenciais para dar o valor final ao seu produto, que é quanto você gasta com: Matéria prima + Tempo + Custos +  Lucro = Preço final. Vamos falar de cada um deles? 3. Matéria Prima do seu produto artesanato Este ponto é o primeiro não é à toa: ele é o seu gasto inicial na hora de produzir sua matéria prima. Então, é aqui que você deve listar todos os materiais que você utilizou na sua peça de artesanato. Faça uma lista com os valores dos itens que você adquiriu para saber o valor de cada um deles individualmente. Isso facilitará a sua conta para chegar no preço final. Um exemplo: você adquiriu um metro de tecido por R$30,00. Se você, com esse metro, fez seis artesanatos iguais, você utilizou R$5,00 em cada. Ou seja, você deve fazer a divisão de  R$30,00 por 6. 4. Tempo dedicado à confecção do serviço ou valor de salário Aqui temos dois cenários: o primeiro é aquele que vive da venda de produtos artesanais e o aquele que quer ter uma renda extra , não fazendo do ofício sua principal fonte de renda. Ainda assim, a conta não é tão diferente porque é baseada no tempo que você dedica ao seu produto. O ponto de partida para chegar a esse cálculo é o valor que você deseja receber de salário. Você é seu próprio funcionário, então você é que define quanto você quer ganhar, mas tenha atenção com isso, porque é claro que vai te custar horas de trabalho. Vamos partir do pressuposto que você deseja ganhar R$2.000,00 por mês e vai trabalhar 20 dias por mês. Indo pelo mais comum, em um cenário onde você trabalha 8 horas por dia, podemos fazer o seguinte cálculo: R$100,00 do seu dia de trabalho por 8, ou seja, sua hora de trabalho vale R$12,50. Lembrando que este é um cenário hipotético. Para ter uma noção exata, você deve substituir os valores citados por suas horas trabalhadas e dias trabalhados. Dando prosseguimento: Se seu artesanato levar duas horas para ficar pronto, o custo de mão de obra será de R$25,00 (2 vezes R$12,50). Mas, se em uma hora você produzir 5 peças iguais, por exemplo, você deverá pegar o valor da hora e dividir por 5. Assim, o custo de mão de obra de cada peça será R$2,50. 5. Custos Gerais Existem custos que não são possíveis de se "detectar" precisamente, mas que estarão lá no fim do seu trabalho. Lembre-se: você possivelmente faz pesquisas pela internet para pegar algumas dicas como esta, utiliza luz e acaba acumulando outras despesas. Esses fatores também acabam participando diretamente no preço final do seu produto artesanal. 7. Lucro Para que o cálculo final seja realizado, você precisa considerar tudo o que listamos nos tópicos anteriores. Ou seja, observar os gastos adicionando os custos, as despesas de produção, quanto tempo levou para fazer determinada peça e a margem de lucro pretendida. Dessa forma, chega-se ao valor de mercado almejado. E então, aprendeu como calcular o preço do artesanato? Saber definir o valor de cada peça é muito importante para evitar prejuízos e, principalmente, aumentar a sua lucratividade. Esperamos que este artigo tenha sido útil para você. Se ficou alguma dúvida, deixe um comentário que a gente te ajuda! A Mercados Artesanais é a melhor plataforma para você vender e divulgar o seu produto online. Se você é, assim como nós, apaixonado por produtos artesanais, não pode deixar de conferir as opções que temos disponíveis no nosso site. São várias alternativas de artesanatos, feitos com todo o cuidado, carinho e delicadeza que você precisa. A Mercados Artesanais foi desenvolvida especialmente para você, artesão, que quer divulgar seus produtos em uma plataforma segura e que garanta excelentes retornos financeiros. Fique atento também às nossas postagens no Instagram . Texto: Guilherme Côrtes
© Copyright 2022 | MERCADOS ARTESANAIS - Todos os direitos reservados
Atendimento exclusivoWhatsApp
Política de Cookies
Para melhorar a sua experiência, oferecer e melhorar os nossos serviços visando uma maior segurança durante a navegação, usabilidade e interatividade, nosso site utiliza cookies essenciais para permitir a adequada navegação no site. Antes de continuar navegando, importante você saber mais sobre a utilização de Cookies em nossa Política de Privacidade Concordar e continuar